Membro

Adriano José Pereira

Nome em citações bibliográficas: PEREIRA, A. J.;Pereira, Adriano J.;Pereira, AJ;Pereira, A Jose;PEREIRA, ADRIANO JOSÉ;PEREIRA, A;JOSÉ PEREIRA, ADRIANO;PEREIRA, ADRIANO
Adriano José Pereira

Endereço Profissional:
Hospital Israelita Albert Einstein – CTIA


(11) 3747-1500 (Ramal 51500)

(11) 3746-9411




Especialista em Clínica Médica e em Medicina Intensiva pela AMIB

Pós-doutorado pela Universidade de Berna, na Suíça (2011-2013) e pela Universidade Livre de Bruxelas, na Bélgica (2014). Doutor em Ciências pela disciplina de Anestesiologia da Faculdade de Medicina da USP (2011). Especialista em Clínica Médica (residência credenciada no Hospital Municipal Odilon Behrens – Belo Horizonte / MG) e em Medicina Intensiva (residência credenciada no Hospital Israelita Albert Einstein São Paulo / SP e título de especialista pela Associação de Medicina Intensiva Brasileira – AMIB).

Foi coordenador da área de Economia da Saúde do 1o Escritório de Gerenciamento de Valor da América Latina, no Hospital Israelita Albert Einstein – SP. Atualmente é Coordenador Médico de Tele-UTI e Consultor de Analytics do time de Big Data do Hospital Israelita Albert Einstein.

Atua também como Docente Permanente no Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein e Docente Colaborador do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde da Universidade Federal de Lavras (UFLA)/MG.

Tem experiência na área de Medicina Intensiva, atuando principalmente nos seguintes temas: sepse, hipóxia tecidual, metabolismo miocárdico em doenças graves, modelos experimentais animais e oxigenioterapia hiperbárica. Mais recentemente, tem atuado profissionalmente e também na pesquisa relacionada à Ciência da Melhoria e Gestão da Saúde Baseada em Valor.


Adriano José Pereira

Endereço Profissional:
Hospital Israelita Albert Einstein – CTIA


(11) 3747-1500 (Ramal 51500)

(11) 3746-9411




Especialista em Clínica Médica e em Medicina Intensiva pela AMIB

Pós-doutorado pela Universidade de Berna, na Suíça (2011-2013) e pela Universidade Livre de Bruxelas, na Bélgica (2014). Doutor em Ciências pela disciplina de Anestesiologia da Faculdade de Medicina da USP (2011). Especialista em Clínica Médica (residência credenciada no Hospital Municipal Odilon Behrens – Belo Horizonte / MG) e em Medicina Intensiva (residência credenciada no Hospital Israelita Albert Einstein São Paulo / SP e título de especialista pela Associação de Medicina Intensiva Brasileira – AMIB).

Foi coordenador da área de Economia da Saúde do 1o Escritório de Gerenciamento de Valor da América Latina, no Hospital Israelita Albert Einstein – SP. Atualmente é Coordenador Médico de Tele-UTI e Consultor de Analytics do time de Big Data do Hospital Israelita Albert Einstein.

Atua também como Docente Permanente no Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein e Docente Colaborador do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde da Universidade Federal de Lavras (UFLA)/MG.

Tem experiência na área de Medicina Intensiva, atuando principalmente nos seguintes temas: sepse, hipóxia tecidual, metabolismo miocárdico em doenças graves, modelos experimentais animais e oxigenioterapia hiperbárica. Mais recentemente, tem atuado profissionalmente e também na pesquisa relacionada à Ciência da Melhoria e Gestão da Saúde Baseada em Valor.


Adriano José Pereira

Currículo Profissional


  • Atuação Profissional
  • Formação acadêmica
  • Pós-doutorado
  • Formação Complementar
  • Prêmios e títulos
  • Projetos de pesquisa
  • Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein, IIEPAE, Brasil.

2017 – Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Docente Permanente Pós stricto sensu


  • Hospital Israelita Albert Einstein, HIAE, Brasil.

2018 – Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Especialista Saúde – Big Data

2017 – Atual
Vínculo: Docente Perm Pós-Graduação, Enquadramento Funcional: Docente Perm Pós-Graduação

2016 – Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Supervisor Médico CTI-adulto

2015 – Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Médico Pesquisador
Outras informações
Coordenador Núcleo de Apoio à Pesquisa do Hospital Municipal da Vila Santa Catarina (parceria Einstein / Ministério da Saúde -PROADI / Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo)

2017 – 2018
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Coordenador Médico Economia da Saúde / VMO
Outras informações
Coordenador Médico Economia da Saúde / Escritório de Gerenciamento de Valor (Value Management Office – VMO)

2009 – 2016
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Médico assistente/Centro de Terapia Intensiva

Atividades

2006 – Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Terapia Intensiva Adulto – CTIA, .

Linhas de pesquisa: Modelos experimentais de hipóxia tecidual e choque, Sepse, Choque, Medicina, Hiperbárica, Avaliação e treinamento baseado em simulação realística, Ciência da Melhoria (aplicação em Medicina Intensiva), Gestão Baseada em Valor / Valor em Saúde, Direção e administração, Centro de Terapia Intensiva Adulto – CTIA, Serviço de Medicina Hiperbárica.

Coordenador Médico.
03/2008 – 07/2011
Conselhos, Comissões e Consultoria, Comitê de Ética Animal – CEA (Hospital Israelita Albert Einstein)


  • Universität Bern, UNIBE, Suiça.

2011 – 2013
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


  • Université Libre de Bruxelles, ULB, Bélgica.

2013 – 2014
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pós-doutorando


  • Universidade Federal de Lavras, UFLA, Brasil.

2016 – Atual
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Docente/Pesquisador Colaborador Programa Pós

2014 – 2015
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto A


  • Hospital AC Camargo / Hospital do Câncer, HCANC, Brasil.

2007 – 2017
Vínculo: Prestador de Serviço, Enquadramento Funcional: Médico Plantonista – sócio empresa terceira


  • Hospital Israelita Albert Einstein, Brasil.

2007 – 2009
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Preceptor Residência Medicina Intensiva

Outras informações
Compreende atividades de administração, organização, treinamentos (práticos, teóricos, modelos experimentais animais, simulação realística), avaliação e planejamento do programa de residência no período acima citado

Atividades

03/2008 – Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Comitê de Ética Animal – CEA (Hospital Israelita Albert Einstein)


  • Instituto do Câncer do Estado de São Paulo, ICESP, Brasil.

2008 – 2008
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Médico plantonista PA e CTI adulto

Outras informações
Médico plantonista da emergência (desde a inauguração do hospital) e, posteriormente, do CTI adulto, quando da sua inauguração. Participação na elaboração da estrutura organizacional inicial do referido hospital, antes mesmo da sua inauguração, sob a coordenação do Prof. Dr. Eliézer Silva, que esteve à frente da gestão e elaboração do projeto de instalação do Pronto-Atendimento e CTI adulto da referida instituição.


  • Instituto Latino Americano de Sepse, ILAS, Brasil.

2008 – 2009
Vínculo: Autônomo, Enquadramento Funcional: Coordenador Médico
Outras informações

– Envolvido na atualização dos documentos institucionais do ILAS (regimento e estatuto) – Responsável pela reformulação e elaboração dos relatórios de desempenho no atendimento à sepse por parte dos hospitais brasileiros membros da Campanha Sobrevivendo à Sepse; (total de 56 hospitais em 2009);- Membro da equipe de médicos instrutores participantes da capacitação no atendimento ao paciente séptico. O programa é responsável pelo treinamento de médicos, enfermeiros e administradores de hospitais que, voluntariamente, se vinculam ao projeto. A partir do treinamento, a instituição passa a colher indicadores que são periodicamente enviados ao ILAS, analisados pelo coordenador médico e devolvidos às instituições na forma de comparações com as demais instituições parceiras, para servir de benchmarking e referência na melhoria do atendimento

Atividades

2008 – 2009
Direção e administração, Instituto Latino Americano de Sepse (ILAS), .
Coordenador Médico.
2006 – 2009
Extensão universitária , Instituto Latino Americano de Sepse (ILAS), .

Atividade de extensão realizada
Capacitação de administradores, médicos e enfermeiros no atendimento à sepse.


  • Hospital Geral de Itapevi, HGI, Brasil.

2006 – 2006
Vínculo: Autônomo, Enquadramento Funcional: Médico plantonista CTI adulto


  • Instituto Brasileiro de Controle do Câncer, IBCC, Brasil.

2006 – 2006
Vínculo: Autônomo, Enquadramento Funcional: Médico plantonista CTI adulto


  • Santa Casa de Belo Horizonte, SCBH, Brasil.

2004 – 2004
Vínculo: Autônomo, Enquadramento Funcional: Internista Clínica Médica (autônomo)

  • 2008 – 2011

Doutorado em Anestesiologia.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: GRADIENTES DE OXIGÊNIO, GLICOSE, DIÓXIDO DE CARBONO E LACTATO EM DIFERENTES COMPARTIMENTOS VASCULARES, Ano de obtenção: 2011.
Orientador: Eliézer Silva.
Coorientador: Luiz Francisco Poli de Figueiredo.
Palavras-chave: Metabolismo miocárdico; Hipóxia tecidual; Sepse; Gradientes de oxigênio; Gradientes de dióxido de carbono; Gradientes de lactato.
Grande área: Ciências da Saúde
Setores de atividade: Saúde e Serviços Sociais.


  • 2005 – 2007

Especialização – Residência médica.
Hospital Israelita Albert Einstein, HIAE, Brasil. Residência médica em: Medicina Intensiva
Número do registro: 93600-1.
Bolsista do(a): Fundação do Desenvolvimento Administrativo, FUNDAP, Brasil.


  • 2003 – 2005

Especialização – Residência médica.
Hospital Municipal Odilon Behrens, HMOB, Brasil. Residência médica em: Clínica Médica
Número do registro: 73573-1.
Bolsista do(a): Hospital Municipal Odilon Behrens, HMOB, Brasil.


  • 2009 – 2009

Especialização em Especialização em Medicina Hiperbárica. (Carga Horária: 55h).
Sociedade Brasileira de Medicina Hiperbárica, SBMH, Brasil.
Título: N/A.
Orientador: N/A.
Bolsista do(a): Hospital Israelita Albert Einstein, HIAE, Brasil.


  • 1997 – 2002

Graduação em Medicina.
Faculdade de Medicina de Barbacena, FMB, Brasil.
Título: “Estudo Evolutivo Não-Controlado sobre Características de Pacientes Alcoolistas Antes e Depois da Adesão ao Programa de Tratamento no Núcleo de Assistência Psicossocial (NAPS) da FHEMIG em Barbacena, Minas Gerais”.
Orientador: Dr.Carlos Eduardo Leal Vidal/Dr.Dilermando Fazito de Rezende.

  • 2013 – 2014

Pós-Doutorado.
Université Libre de Bruxelles, ULB, Bélgica.
Bolsista do(a): Wallonie-Bruxelles International, WBI, Bélgica.
Grande área: Ciências da Saúde
Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Cirurgia / Especialidade: Cirurgia Experimental.


  • 2011 – 2013

Pós-Doutorado.
Universität Bern, UNIBE, Suiça.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Grande área: Ciências da Saúde
Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Cirurgia / Especialidade: Cirurgia Experimental.
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Morfologia / Subárea: Citologia e Biologia Celular.

  • 2012 – 2012

Cell separation principles. (Carga horária: 72h).
Universitätsklinik für Intensivmedizin – Universität Bern, UB, Suiça.


  • 2012 – 2012

Education and Training – Animal Science (FELASA B). (Carga horária: 40h).
University of Zurich, UZH, Suiça.


  • 2010 – 2010

II Treinamento em Ecocardiografia Hemodinâmica. (Carga horária: 50h).
Hospital Israelita Albert Einstein, HIAE, Brasil.


  • 2009 – 2009

XIV Curso de Especialização em Medicina Hiperbárica. (Carga horária: 50h).
Sociedade Brasileira de Medicina Hiperbárica, SBMH, Brasil.


  • 2007 – 2007

Academic visitor (Observership). (Carga horária: 160h).
Sunnybrook Health Sciences Centre, University of Toronto, SHSC, Canadá.


  • 2005 – 2005

Curso de Treinamento em Via Aérea Difícil. (Carga horária: 8h).
Hospital Israelita Albert Einstein, HIAE, Brasil.

  • 2018 – Prêmio Eric Wroclawski: 3o melhor artigo – categoria Gestão/Economia da Saúde, Revista Einstein.

  • 2011 – Prêmio 3o. lugar – melhor abstract, 6th International Symposium on Intensive Care and Emergency Medicine for Latin America.

  • 2008 – Prêmio melhor artigo – categoria Medicina Clínica, Revista einstein – Hospital Israelita Albert Einstein.
  • 2017 – Atual – EFEITO DO TRATAMENTO COM NITROGLICERINA NA MICROCIRCULAÇÃO DE PACIENTES COM CHOQUE SÉPTICO

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Eliezer Silva em 03/10/2017.
Descrição: O objetivo primário deste estudo é avaliar se a implementação de um protocolo para normalização da
perfusão tecidual com nitroglicerina durante a fase inicial de ressuscitação de pacientes com choque séptico
irá reduzir a incidência de disfunção orgânica, irá melhorar a oxigenação tecidual na musculatura
esquelética e os parâmetros microcirculatórios avaliados através da visualização direta da microcirculação
durante as 48 horas iniciais do tratamento..

Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Adriano José Pereira – Integrante / Eliézer Silva – Coordenador / Thiago Domingos Corrêa – Integrante / Ana Paula Metran Nascente – Integrante / Alexandre Lima – Integrante / Jasper van Bommel – Integrante / Roberto Rabello Filho – Integrante / Murillo Santucci Cesar Assunção – Integrante / Jan Bakker – Integrante.

Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo – Auxílio financeiro.


  • 2017 – Atual – Avaliação da via da necroptose em paciente com sepse

Descrição: O objetivo deste presente projeto é investigar se há um aumento nos níveis de necroptose em células do sangue periférico de pacientes com sepse comparado a pacientes controles internados na UTI e analisar se a intensidade da ativação desta via de morte celular se correlaciona com a gravidade da doença. Em conjunto, os dados gerados durante este estudo tem o potencial de apontar novos marcadores prognósticos de presença e gravidade de sepse bem como possibilidades inovadoras de intervenção farmacológica para o seu controle..

Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Adriano José Pereira – Integrante / Thiago Domingos Corrêa – Integrante / Murillo Santucci César de Assunção – Integrante / Roberto Rabelo Filho – Integrante / Ary Serpa Neto – Coordenador / Ricardo Weinlich – Integrante / Ana Claudia Pereira Sanguin – Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo – Auxílio financeiro.


  • 2016 – Atual – AVALIAÇÃO DO USO DO MODELO DE MELHORIA DA QUALIDADE DO “INSTITUTE FOR HEALTHCARE IMPROVEMENT” (IHI) COMO ESTRATÉGIA DE IMPLANTAÇÃO DO PROTOCOLO GERENCIADO DE SEPSE EM UM HOSPITAL MUNICIPAL DA CIDADE DE SÃO PAULO

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Eliezer Silva em 03/10/2017.
Descrição: Introdução: Mais de uma década do desenvolvimento de diretrizes internacionais de tratamento (“Surviving Sepsis Campaign” – SSC), a sepse continua sendo a principal causa de morte nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI) brasileiras, com taxas de letalidade de até 55%. Nos Estados Unidos, a metodologia “Quality Improvement Model” (QIM) tem sido aplicada para a melhoria de qualidade nos diversos processos organizacionais, incluindo a área de saúde. Entretanto, poucos estudos avaliaram o uso de QIM para melhoria dos cuidados de pacientes com sepse e choque séptico e, não há, até o momento, evidências claras de sua eficácia e do verdadeiro impacto sobre os aspectos clínicos. Esta é uma pesquisa qualitativa na área de gestão da melhoria de qualidade, em um Hospital Municipal da Cidade de São Paulo, com o objetivo de atingir taxas de letalidade por sepse e choque séptico menor e igual (≤) 25%, por meio da implantação do Protocolo Gerenciado de Sepse (PGS), utilizando como estratégia o QIM do IHI dos EUA..

Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .

Integrantes: Adriano José Pereira – Integrante / Antônio Capone Neto – Integrante / Eliézer Silva – Coordenador / Leidy Katerine Calvo Nates – Integrante.


  • 2015 – Atual – Estudo de Custos e Desfechos em um Hospital Municipal da cidade de São Paulo

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Eliezer Silva em 03/10/2017.
Descrição: Os custos associados aos cuidados de saúde crescem em diferentes países atingindo 17% do PIB nos EUA e 9% no Brasil. Assumindo que a avaliação de custos no SUS é deficitária, o presente estudo avaliará a relação entre custo e desfechos no tratamento de pacientes internados em um hospital municipal. Pretende-se, avaliando a eficiência desta unidade hospitalar, prover o estado brasileiro com dados inéditos de custos diretos hospitalares individualizados por paciente e grupo de doença. O presente estudo é parte de um projeto que será desenvolvido através de uma parceria entre o Hospital Israelita Albert Einstein, a Prefeitura Municipal de São Paulo e o Governo Federal.

Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .

Integrantes: Adriano José Pereira – Integrante / Eliézer Silva – Coordenador.
Financiador(es): Ministério da Saúde – Cooperação.


  • 2013 – Atual – Betabloqueadores no choque séptico

Descrição: Avaliar os riscos e potenciais benefícios do uso de betabloqueadores na fase hiperaguda do choque séptico.

Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Adriano José Pereira – Coordenador / Jean Louis Vincent – Integrante / Daniel De Backer – Integrante / Fuhong Su – Integrante / Koji Hosokawa – Integrante / Diego Orbegozo – Integrante.
Financiador(es): Université Libre de Bruxelles – Auxílio financeiro / Wallonie-Bruxelles International – Bolsa.


  • 2011 – 2013 – Angiotensina II no choque séptico

Descrição: Visa estudar os efeitos do uso da Angiotensin II como um potencial agente vasopressor a ser utilizado no tratamento do choque séptico.

Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Adriano José Pereira – Coordenador / Correa, TD – Integrante / Jukka Takala – Integrante / Stephan Jakob – Integrante / Siamak Djafarzadeh – Integrante / Victor Jeger – Integrante.
Financiador(es): Schweizerischer Nationalfonds – Auxílio financeiro / Universitätsklinik für Intensivmedizin – Universität Bern – Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo – Bolsa.


  • 2007 – Atual – AVALIAÇÃO DE MARCADORES INDIRETOS DE PERFUSÃO TECIDUAL EM MODELOS DE HIPÓXIA TECIDUAL

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Eliezer Silva em 25/05/2014.
Descrição: Visa estudar o uso de modelos matemáticos na integração de variáveis fisiológicas disponíveis beira-leito, no ambiente de terapia intensiva, como forma de melhorar a capacidade de se identificar alterações no grau de hipóxia tecidual. Dados ainda em análise.

Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Adriano José Pereira – Integrante / Silva, Eliezer – Coordenador / Paulo Rehder – Integrante / Luiz Francisco Poli de Figueiredo – Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo – Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 2


  • 2007 – Atual – GRADIENTES DE OXIGÊNIO, GLICOSE, DIÓXIDO DE CARBONO E LACTATO EM DIFERENTES COMPARTIMENTOS VASCULARES

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Eliezer Silva em 25/05/2014.
Descrição: Tese de doutorado de Adriano J. Pereira, auxílio FAPESP, objetivo de buscar melhor entendimento sobre a dinâmica de produção regional de lactato e CO2, com ênfase no metabolismo miocárdico. Dados ainda sob análise..

Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Adriano José Pereira – Integrante / Eliézer Silva – Coordenador / Paulo Rehder – Integrante / Luiz Francisco Poli de Figueiredo – Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo – Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1


Publicações no blog da BRICnet:



LogoBRICnet

Brazilian Research in Intensive Care Network – BRICNet, uma rede brasileira, independente e colaborativa para a realização de estudos clínicos na área de medicina intensiva.

Publicações recentes