Membro

Antonio Paulo Nassar Junior

Nome em citações bibliográficas: NASSAR JUNIOR, A. P.;NASSAR JR, ANTONIO P;Nassar AP Jr;Nassar, Antônio P;Nassar, Antonio Paulo;NASSAR JUNIOR, ANTONIO PAULO;NASSAR, ANTONIO P;NASSAR, ANTONIO P.;Nassar Junior, AP;NASSAR JÚNIOR, ANTONIO PAULO;NASSAR, ANTÔNIO PAULO

Médico Intensivista, Doutor em Ciências Médicas.

Especialista em Clínica Médica e em Medicina Intensiva pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (2008). Doutor em Ciências Médicas pela Universidade de São Paulo (2015).

Membro do comitê científico da Brazilian Research in Intensive Care Network desde 2018. Atualmente, é médico intensivista diarista e professor do programa de pós-graduação do A.C. Camargo Cancer Center, pesquisador médico do Hospital Israelita Albert Einstein e presidente do comitê do paciente oncológico crítico da Associação de Medicina Intensiva Brasileira (AMIB).

Tem experiência em pesquisa clínica na área de Terapia Intensiva, com especial interesse nas áreas de sedação, delirium, câncer e prognóstico em UTI.



Médico Intensivista, Doutor em Ciências Médicas.

Especialista em Clínica Médica e em Medicina Intensiva pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (2008). Doutor em Ciências Médicas pela Universidade de São Paulo (2015).

Membro do comitê científico da Brazilian Research in Intensive Care Network desde 2018. Atualmente, é médico intensivista diarista e professor do programa de pós-graduação do A.C. Camargo Cancer Center, pesquisador médico do Hospital Israelita Albert Einstein e presidente do comitê do paciente oncológico crítico da Associação de Medicina Intensiva Brasileira (AMIB).

Tem experiência em pesquisa clínica na área de Terapia Intensiva, com especial interesse nas áreas de sedação, delirium, câncer e prognóstico em UTI.


Antonio Paulo Nassar Junior

Currículo Profissional


  • Atuação Profissional
  • Formação acadêmica/titulação
  • Prêmios e títulos
  • Projetos de pesquisa
  • Fundação Antônio Prudente, FAP, Brasil.

2017 – Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Docente

2012 – Atual
Vínculo: Médico intensivista, Enquadramento Funcional: Médico intensivista diarista, Carga horária: 30

Atividades

06/2018 – Atual
Ensino, Oncologia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Suporte e reabilitação em oncologia
Metodologia da Pesquisa Científica
01/2018 – Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Hospital AC Camargo, .

Cargo ou função
Comissão de Pós-Graduação.
01/2018 – 08/2019
Conselhos, Comissões e Consultoria, Hospital AC Camargo, .

Cargo ou função
Comissão de residência médica.


  • Universidade de São Paulo, USP, Brasil.

2013 – 2017
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Médico assistente, Carga horária: 20

2008 – 2009
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Médico Assistente, Carga horária: 20

Atividades

10/2013 – Atual
Ensino, Medicina Intensiva, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Delirium
Sedação e Analgesia em UTI
2008 – 2009
Ensino, Anestesiologia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Desmame de Ventilação Mecânica
Sedação e Analgesia em Terapia Intensiva


  • Hospital e Maternidade São Camilo, HMSC, Brasil.

2008 – 2013
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Médico diarista, Carga horária: 30

Atividades

2008 – 2012
Conselhos, Comissões e Consultoria, Intituto de Ensino e Pesquisa, .

Cargo ou função
Membro do grupo de prevenção de Pneumonia Associada à Ventilação Mecânica.


  • Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein, IIEPAE, Brasil.

2019 – Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Pesquisador médico, Carga horária: 15


  • Hospital Sírio-Libanês, SIRIO-LIBANÊS, Brasil.

2009 – 2011
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Médico Plantonista, Carga horária: 24


  • Associação de Medicina Intensiva Brasileira, AMIB, Brasil.

2020 – Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Presidente
Outras informações
Presidente do comitê do paciente crítico oncológico

  • 2013 – 2015

Doutorado em Medicina (Ciências Médicas) (Conceito CAPES 6).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Impacto do uso de sedação intermitente ou interrupção diária da sedação em pacientes sob ventilação mecânica, Ano de obtenção: 2015.
Orientador: Marcelo Park.
Grande área: Ciências da Saúde


  • 2006 – 2008

Especialização – Residência médica.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil. Residência médica em: Medicina Intensiva
Número do registro: .
Bolsista do(a): .


  • 2004 – 2006

Especialização – Residência médica.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil. Residência médica em: Clínica Médica
Número do registro: .
Bolsista do(a): .


  • 1998 – 2003

Graduação em Medicina.
Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, FCMSCSP, Brasil.

  • 2017 – Second place – Early Versus Late Initiation of Renal Replacement Therapy in Critically Ill Patients: Systematic Review and Meta-Analysis, 9th International Symposium on Intensive Care and Emergency Medicine for Latin America.

  • 2015 – Best Poster – Light Sedation Strategies and Posttraumatic Stress Disorders:S Systematic Review and Network Meta-Analysis, 8th International Symposium on Intensive Care and Emergency Medicine for Latin America.

  • 2008 – Especialista em Medicina Intensiva, Associação de Medicina Intensiva Brasileira.

  • 2006 – Especialista em Clínica Médica, Sociedade Brasileira de Clínica Médica.
  • 2019 – Atual – Avaliação do impacto econômico de infecções por microrganismos resistentes à antimicrobianos em UTIs brasileiras: Um estudo da plataforma de projetos de apoio ao Plano de Ação Nacional de Prevenção e Controle da Resistência aos Antimicrobianos

Descrição: Parte do projeto “Impacto das infecções por microrganismos resistentes a antimicrobianos em pacientes internados em unidades de terapia intensiva adulto no Brasil: Plataforma de Projetos de Apoio ao Plano de Ação Nacional de Prevenção e Controle da Resistência aos Antimicrobianos”, que se propõe a avaliar o impacto econômico da aquisição destas infecções na UTI..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Antonio Paulo Nassar Junior – Integrante / Adriano José Pereira – Coordenador / Isabella Lott Bezerra – Integrante.


  • 2018 – Atual – Epidemiologia e Prognóstico de Pacientes com Câncer Admitidos em Unidade de Terapia Intensiva

Descrição: Coorte de pacientes com câncer admitidos em UTI. Objetivamos descrever as características dos pacientes, bem como sua evolução durante a intenração e de longo prazo. Os principais interesses são descrever características relacionadas a tumores específicos, bem como o impacto da funcionalidade e das disfunções orgânicas na evolução de curto e longo prazo dos pacientes..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (3) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) .

Integrantes: Antonio Paulo Nassar Junior – Coordenador / CARUSO, PEDRO – Integrante.


  • 2016 – 2018 – Características e evolução dos pacientes com câncer de esôfago admitidos em unidade de terapia intensiva

Descrição: Descrição do perfil dos pacientes com câncer de esôfago admitidos na UTI no período de 2009 a 2016 e identificação de fatores associados a mortalidade hospitalar..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .

Integrantes: Antonio Paulo Nassar Junior – Coordenador / CARUSO, PEDRO – Integrante / Isabel Cristina Lima de Freitas – Integrante.


  • 2015 – 2016 – Fatores associados a decisões sobre os cuidados de pacientes graves com câncer: Condutas de oncologistas e intensivistas

Descrição: Comparação de decisões de oncologistas e intensivistas frente a casos hipotéticos de pacientes com câncer que evoluem com disfunções orgânicas agudas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Antonio Paulo Nassar Junior – Coordenador / Daniel Neves Forte – Integrante / Pedro Caruso – Integrante.


  • 2010 – 2011 – Comparação de escores prognósticos em UTI

Descrição: Comparação dos escores APACHE IV, SAPS 3 e MPM III em uma população geral de UTI de hospitais privados de São Paulo. Comparação dos escores APACHE IV, SAPS 3 e GRACE em uma população de pacientes com síndrome coronariana aguda em UTI..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Antonio Paulo Nassar Junior – Coordenador.


  • 2008 – 2011 – Sedação de demanda e despertar diário em pacientes sob ventilação mecânica

Descrição: Estudo clínico, randomizado, comparando duas estratégias de sedação em pacientes sob ventilação mecânica em UTI (NCT00824239)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Antonio Paulo Nassar Junior – Integrante / Marcelo Park – Coordenador.


  • 2008 – 2008 – Constipação em UTI: Fatores de risco e implicações

Descrição: Análise de prontuários de pacientes admitidos em uma UTI cirúrgica no período de 6 meses, com o objetivo de avaliar a incidência de constipação e suas implicações no prognóstico dos pacientes..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Antonio Paulo Nassar Junior – Integrante / silva, fernanda maria de queiroz – Integrante / de Cleva, Roberto – Coordenador.


Publicações no blog da BRICnet:



LogoBRICnet

Brazilian Research in Intensive Care Network – BRICNet, uma rede brasileira, independente e colaborativa para a realização de estudos clínicos na área de medicina intensiva.

Publicações recentes