Estudo

CHECKLIST

Estudo Checklist

REGISTRO:


FINANCIAMENTO:

Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (PROADI-SUS) do Ministério da Saúde e o Bando Nacional de Desenvolvimento Social (BNDS)


LINKS RELEVANTES:



Uso de checklist durante visitas diárias multidisciplinares e clinician prompting para redução de mortalidade em unidades de terapia intensiva: Um estudo de randomização de clusters

Esse estudo é uma iniciativa da BRICNET – Brazilian Research in Intensive Care network, em parceria com o Instituto de Pesquisa do Hospital do Coração (São Paulo), Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino (Rio de Janeiro), Hospital Samaritano (São Paulo) e o Instituto Latino Americano de Sepse.

Tratou-se de um estudo randomizado em clusters multicêntrico brasileiro para verificar se a utilização de intervenção incluindo checklists, com avaliação das metas assistenciais diárias durante a visita multiprofissional seguidas de alertas clínicos, poderia reduzir a mortalidade hospitalar (após 72h de admissão em UTI) de pacientes internados nas unidades de terapia intensiva.

O estudo contou com a participação de 118 UTIs e foram incluídos cerca de 14 mil pacientes. Na primeira fase, foram coletados dados sobre o clima de segurança nas UTIs participantes, além de dados clínicos sobre adequação de processos e desfechos de pacientes consecutivos admitidos. Os dados de mortalidade foram usados na estratificação das UTIs de acordo com sua mortalidade. As mesmas foram randomizadas, na segunda fase, para aplicação de checklist incluindo avaliação das metas diárias de assistência.


LogoBRICnet

Brazilian Research in Intensive Care Network – BRICNet, uma rede brasileira, independente e colaborativa para a realização de estudos clínicos na área de medicina intensiva.

Publicações recentes